A triste história de Carlinhos

Carlinhos era um rapaz inocentinho, felizinho e até bonitinho. Ocorre que, prestes a completar 20 anos de idade, Carlinhos inventou algo hediondo: caiu na besteira de pedir à família para trazer um namoradinho para sua festa de aniversário. Ante a recusa de sua mãe (“Seu pai ficará muito humilhado se ele vier, Deus me livre”), Carlinhos passou a crer que estava errado: errara por ser inocente e errara por tentar ser feliz. Toda vez que ousa tocar no assunto, recomendam que Carlinhos busque um psicólogo para tentar lidar com essas “recusas” e “humilhações” que ele não digere muito bem. Carlinhos discorda, mas no fundo sabe que está completamente errado porque os outros estão sempre certos. Do que vale o amor de Carlinhos perto dos ensinamentos da televisão? Ora, toma rumo, Carlinhos!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s